Tornozelo: Centro do Equilíbrio

Para a Leitura Corporal, o tornozelo sintetiza a proposta de todas as peças ósseas do Corpo Físico: a conquista e a manutenção do estado de equilíbrio.  Considerado o próprio “Centro do Equilíbrio”, o tornozelo é uma estrutura nobre na busca de estabilização e de segurança física, emocional e comportamental.

Entendendo a estabilidade como um processo dinâmico, os tornozelos incentivam a contínua renovação dos parâmetros que ancoram o Indivíduo em seu próprio eixo. Para esses promotores do equilíbrio, estar estável significa estar em movimento, e quanto mais o Indivíduo se permite experimentar e renovar, maior sua habilidade para se adaptar à variação dos estados internos e das circunstâncias exteriores.

O ganho de maleabilidade nos tornozelos promove a flexibilidade frente às situações de vida, e vice-versa. Despindo-se do compromisso de se mostrar seguro e equilibrado, o Indivíduo permite a seus tornozelos propulsar seus passos, colocando-se, sempre que necessário, no caminho para a descoberta de novas estabilidades.