Pintas: um estímulo para revelar-se

Para a Leitura Corporal, as pintas são sinalizações de que pulsões naturais, autênticas e frequentes na experiência do Indivíduo estão sendo contidas quase que na mesma proporção com que são impulsionadas. As áreas onde as pintas surgem contam sobre os temas, os comportamentos ou os movimentos da Vida que, seja pela razão que for, estão sendo mantidos sob controle.

As pintas são parceiras do arco costal. Trata-se de uma manifestação e de uma estrutura que trabalham com o mesmo assunto: o processo da revelação, da amostragem e da representação das próprias pulsões.

Libertar-se das leis, das regras e das normas para experimentar os impulsos do Interno é tarefa de todos os seres humanos. É a liberdade para sentir e representar o que existe dentro de si que garante a possibilidade de elaborar, ressignificar e evoluir as pulsões inerentes à Humanidade e a cada um de nós.

E se não soubermos por onde começar, basta olhar para as nossas pintas e confiar que ali onde elas se manifestam, nas funções e nos temas dos segmentos onde se concentram, já estamos prontos para deixar o impulso passar, revelando para si e para o mundo quem somos a cada instante.