Herpes: ser mais amoroso consigo

O ser humano é a forma de vida que mais congrega potencialidades de diferenciação. Enquanto seres naturalmente sociais, cada indivíduo tem a tarefa e o desafio de descobrir e aproveitar a sua forma de ser único e exclusivo, ao mesmo tempo em que desenvolve e desfruta de sua sociabilidade.

A conquista do equilíbrio entre as dimensões individual e social do humano é impulsionada através de diferentes sintomas, cada qual com sua nuance. Na visão da Leitura Corporal, o herpes é um desses recursos de individuação, que se faz presente quando o indivíduo, em relação à função emocional da área acometida, está priorizando o que é do outro, sem dar a devida importância ao que é próprio.

O herpes se manifesta na superfície para sinalizar que, orientando-se pela satisfação do outro, perderam-se os contornos pessoais. É um estímulo de consciência sobre a própria atuação e de retomada do lugar pessoal de prazer e de realização. A palavra de ordem do herpes é: seja mais amoroso consigo!