Diabetes: cada um tem o seu lugar

Para a Leitura Corporal, a diabetes é uma manifestação que se instala quando o indivíduo estabelece-se em um papel ou em um lugar que lhe foi permitido, mas que não corresponde ao caminho que deseja e gostaria de seguir.

A diabetes sinaliza que se está fora do próprio “lugar ao sol”. Sua presença estimula a revisão do quanto se aceita os rumos determinados pelo externo e traz a consciência de que ninguém é obrigado a aceitar os espaços que lhe foram cedidos, se não é esse o desejo da sua alma.

A possibilidade de construção de uma sociedade diabética é tanto maior quanto é cobrado dos indivíduos que aceitem e concordem em se realizar com aquilo que é estabelecido. A diabetes ensina que cada um tem o seu lugar, e é a liberdade para o exercício das próprias competências que garante aos indivíduos e grupos a força da competividade , isto é, o desenvolvimento e o exercício das próprias potencialidades e competências.

E não se esqueça: a nossa competência a gente mede é com a própria régua. Cada qual no lugar que lhe é devido, caminhamos e evoluímos juntos!