Cólica: um estímulo para conviver com as próprias qualidades

Para a Leitura Corporal, a cólica é um antídoto para a dificuldade em conviver com qualidades que formam a Identidade de cada um. Trata-se de um recurso do corpo para reduzir, de forma gradativa, a resistência à aceitação das mesmas, despertando no indivíduo a percepção de que tudo aquilo que é próprio da sua natureza é mais facilmente aproveitado e desenvolvido quando é aceito, acolhido e observado.

A seguir, algumas sugestões de interpretação da cólica pela Leitura Corporal, de acordo com o lugar onde ela se manifesta.

Cólica menstrual

É um convite do corpo para que se retome a forma original de lidar e conviver com os aspectos pessoais da natureza feminina. Em geral, se faz intensa e/ou habitual, quando se constrói e se assume um tipo de atuação ancorada em referências e padrões que muito diferem das disposições e das qualidades inerentes à Identidade. Seu propósito, portanto, é facilitar a recomposição das maneiras de desenvolver e/ou de representar as competências que formam o próprio feminino.

 

Cólica intestinal

Manifestação que sinaliza a dificuldade em conviver com a perda ou o ganho, ou, em outras palavras, em lidar com o exercício do apego ou do desapego, seja referente a bens materiais, a experiências de vida ou a relacionamentos. Serve à filtragem e à seleção das ofertas que vêm do externo, estimulando a prática de reter para si somente aquilo que de fato é necessário no momento presente, deixando ir o que já foi usufruído ou o que é supérfluo ao indivíduo.

 

Cólica renal

É um sinal de que se está no exercício do autoenfrentamento e/ou na representação de uma falsa segurança. Sua proposta é trazer à consciência do indivíduo a informação de que se está cristalizando um incômodo psicológico, quando o indivíduo coloca-se como corajoso em circunstâncias que, em verdade, lhe suscitam medo e insegurança. É um convite do corpo para que as situações sejam enfrentadas com o teor de coragem que está sendo de fato experimentado, valendo-se de todo suporte necessário para que não haja desperdício de energia vital.

 

Lembre-se que toda particularidade é uma escolha evolutiva do Ser. Aceitando-as e acolhendo-as, a evolução torna-se muito mais leve e sem cólicas!