Desejos: é da Pessoa ou da Personalidade?

Para ordenar o pensamento e criar maiores possibilidades de compreensão, a Leitura Corporal organiza o psiquismo humano (e sua representação no corpo físico) em diferentes campos, cada qual com sua atividade predominante. Uma das divisões básicas é entre a Pessoa – que guarda as características naturais do indivíduo – e a Personalidade – a parte […]

Leia mais…

Pertencimento: estar a partir de si e do próprio querer

Para nós, humanos, o senso de pertencimento é de importância vital. Somos uma espécie de indivíduos absolutamente singulares cuja natureza é social. Assim, para que possamos usufruir da condição gregária que nos caracteriza, é necessário desenvolver as habilidades da adaptação e da adequação – capacidades que a Leitura Corporal associa às funções do 1º Centro […]

Leia mais…

Coceira: antídoto para a falsidade

Aos olhos da Leitura Corporal, a pele se dedica à organização e ao desenvolvimento das habilidades da adaptação e do convívio. Esses conteúdos, respectivamente associados às vibrações do 1º e do 4º Centro de Força, estão intimamente relacionados, pois a saúde da convivência depende da experiência de se sentir integrado, pertencente, aceito nas próprias peculiaridades […]

Leia mais…

Tendão de Aquiles: mediar sem impedir

A mediação é um recurso para a conquista da compatibilidade, da proximidade e da afinização. É uma vibração de calma, de acolhimento e condescendência, que estimula o agir ordenado, sem pressa, para que se encontre a melhor forma de unir e somar. Trata-se de uma função apaziguadora que, ao buscar o caminho do meio, permite […]

Leia mais…

Cóccix: satisfação das vontades

Aos olhos da Leitura Corporal, a vontade é uma potência da alma. As vontades, que são muitas a cada dia, são recursos do espírito para nos manter em movimento e interessados pela vida. E tanto faz se é vontade de amar ou vontade de beber água – todas elas são forças anímicas, com propósitos que […]

Leia mais…

Depressão: soltar as cinturas e libertar a fala

Em todos os processos de depressão (saiba mais), a Leitura Corporal considera essencial a reativação do fluxo da energia pelas cinturas pélvica e escapular e pela articulação temporomadibular (ATM).  Enquanto campos formadores da atitude, a soltura dessas áreas facilita a ordenação da ação e da manifestação, impulsionando assim o caminhar em direção à autorrealização. A […]

Leia mais…

Transtorno bipolar: dimensionar o próprio poder

Aos olhos da Leitura Corporal, são muitas as formas do chamado transtorno bipolar. Pode-se dizer que cada indivíduo que o manifesta configura um quadro específico e que, em verdade, a oscilação do humor que caracteriza essa patologia é uma experiência inerente à humanidade – o que varia de indivíduo para indivíduo é o grau de […]

Leia mais…

Querer: ajustamento tem limite!

As vontades são pulsões da ordem do inegociável. Aos olhos da Leitura Corporal, vontade é aquilo que, indiscutivelmente, traz para cada um de nós a força do ânimo e da persistência. Os desejos, representantes da vontade, movimentam-se mais, variando suas formas, intensidades e durações. Já os quereres, derivados do reconhecimento dos desejos, atuam mais na […]

Leia mais…

Sistema Digestório: lembrar de não engolir tanto sapo

A vida é um processo de autoformação. Desde o momento em que começamos a nos compor na forma humana, recebemos ofertas de diferentes ordens – orgânicas, psíquicas e comportamentais – que podem ser aproveitadas ou recusadas nessa atividade  criativa de desenvolvimento. A Leitura Corporal entende o sistema digestório como a porção do corpo responsável pela […]

Leia mais…

Abdômen: geração infinita de sentires

Tudo começa no abdômen. É dessa região, à qual chamamos Centro Gerador das Emoções e Sentimentos, que nascem as inquietudes que, uma vez reconhecidas, aceitas e nominadas, ganham força de expressão e de ação no mundo. Mas reconhecer, aceitar e dar o nome certo ao que se sente não é uma tarefa exatamente fácil. Sobretudo […]

Leia mais…