Articulações do quadril: criação e expressão

Glenoumeral

A glenoumeral, articulação do ombro, é para a Leitura Corporal o Centro de Organização da Expressividade. Tem como função transformar os intentos, os objetivos e os impulsos de expressão do Indivíduo em formas concretas de atuação.

A glenoumeral dá início ao processo de elaboração da ação, realizado por todo o membro superior. Ela direciona os movimentos de realização, definindo a forma de agir e fazendo circular o sentimento de confiança na capacidade pessoal de execução.

Coxofemoral

Junto com ela nesse trabalho está a articulação coxofemoral, o Centro Estimulador do Poder Criativo. A coxofemoral orienta a prática da inventividade e do improviso, a experimentação do inusitado e o aprimoramento dos talentos e habilidades pessoais. A energia que passa pela coxofemoral é qualificada por todo o membro inferior, que sustenta e desenvolve a capacidade criativa do Indivíduo.

Glenoumeral e coxofemural trabalham sempre em parceria e uma é campo para a reorganização e o fluxo energético da outra. Enquanto a coxofemoral cria as propostas, a glenoumeral gera as formas de realização. Afinal, para expressar é preciso criar, e tudo o que é criado necessita ser representado.